Um site oficial do governo dos Estados Unidos

Al-Shabaab

Faça a sua parte

Sobre

O Al-Shabaab é um grupo afiliado da Al-Qaeda (AQ) e tem laços com outras afiliadas, incluindo a AQ na Península Arábica e a AQ no Magrebe Islâmico. O Al-Shabaab foi a ala militante do antigo Conselho dos Tribunais Islâmicos da Somália que assumiu partes do sul da Somália durante o segundo semestre de 2006. Desde o final de 2006, o Al-Shabaab e as milícias associadas se envolveram em insurgências violentas usando guerrilhas e táticas terroristas contra os governos de transição da Somália.

O Al-Shabaab realizou ataques na Somália, Quênia, Uganda e Djibuti. O Al-Shabaab foi responsável pelos atentados suicidas de 11 de julho de 2010 em Kampala. O ataque, que ocorreu durante a Copa do Mundo, matou 76 pessoas, incluindo um cidadão estadunidense. Em setembro de 2013, o Al-Shabaab executou um ataque significativo contra o Westgate Mall em Nairobi. O cerco de vários dias resultou na morte de pelo menos 65 civis, seis soldados e policiais e centenas de outras pessoas ficaram feridas. Em abril de 2015, o Al-Shabaab realizou uma incursão com armas de pequeno calibre e granadas na Garissa University College do Quênia, que matou 148 pessoas.

Em 18 de março de 2008, e sob a seção 219 da Lei de Imigração e Nacionalidade e suas alterações, o Departamento de Estado dos EUA classificou o Al-Shabaab como Organização Terrorista Estrangeira. Em 19 de março de 2008, e de acordo com a Ordem Executiva 13224, o Departamento de Estado dos EUA classificou o Al-Shabaab como Terrorista Global Especialmente Designado. Como resultado, todos os bens e participações do Al-Shabaab sujeitos à jurisdição dos EUA foram bloqueados. Além disso, cidadãos e entidades estadunidenses, bem como pessoas residentes nos EUA e fundos e patrimônios regidos pelas leis dos EUA, estão proibidos de se envolver em qualquer tipo de transação com o Al-Shabaab. Ademais, é crime sabidamente fornecer, tentar ou conspirar para fornecer apoio ou recursos materiais o Al-Shabaab.

SUBMIT A TIP

Do Your Part. Secure a Safer World.

There are many ways to submit information to Rewards for Justice.

You may choose from multiple platforms and contact us in numerous languages. To process your information efficiently, we ask you to state your information as succinctly as possible, provide your name, location, and preferred language, and upload all relevant files such as photographs, videos, and documents to support your information. An RFJ representative will soon contact you. Please be patient, as RFJ reads every tip we receive.

Please open your Signal app to submit a tip. The number is +1 202 702 7843

Please open your Line app to submit a tip. The number is +1 202 702 7843

Please open your Telegram app to submit a tip. The number is +1 202 702 7843

Please open your Viber app to submit a tip. The number is +1 202 702 7843

Please visit our Tor-based tips-reporting channel at: he5dybnt7sr6cm32xt77pazmtm65flqy6irivtflruqfc5ep7eiodiad.onion

Envie uma Informação

Faça a sua parte. Garanta um mundo mais seguro e um futuro melhor.

Há muitas maneiras de enviar uma informação.

Você pode escolher entre várias plataformas e entrar em contato conosco em vários idiomas. Para processar suas informações de forma eficiente, pedimos que você indique suas informações da forma mais sucinta possível, forneça seu nome, localização e idioma preferido e envie todos os arquivos relevantes, como fotografias, vídeos e documentos, para apoiar suas informações. Um representante do programa RPJ entrará em contato com você em breve. Tenha paciência, pois o programa RPJ lê todas as informações que recebemos.

Abra o Signal para enviar uma informação. O número é +1 (202) 718-4663

Abra o Line para enviar uma informação. O número é +1 (202) 718-4663

Abra o Telegram para enviar uma informação. O número é +1 (202) 718-4663

Abra o Viber para enviar uma informação. O número é +1 (202) 718-4663

Acesse nosso canal para envio de informações usando o navegador Tor em:
he5dybnt7sr6cm32xt77pazmtm65flqy6irivtflruqfc5ep7eiodiad.onion

Skip to content