Um site oficial do governo dos Estados Unidos

Ahlam Ahmad al-Tamimi

Próximo ao Leste - Norte da África e Oriente Médio

Recompensa

Até 5 milhões de dólares

Faça a sua parte

Sobre

O programa Recompensas pela Justiça está oferecendo uma recompensa de até 5 milhões de dólares por informações sobre Ahlam Ahmad al-Tamimi, também conhecida como “Khalti” e “Halati”, como parte de sua oferta de recompensa de 1993 por causa da Violência em Oposição às Negociações de Paz do Oriente Médio.

Em 9 de agosto de 2001, al-Tamimi transportou uma bomba e um homem-bomba do Hamas para uma pizzaria Sbarro lotada em Jerusalém, onde o homem-bomba detonou os explosivos. A explosão matou 15 pessoas, incluindo sete crianças. As cidadãs estadunidenses Judith Shoshana Greenbaum, uma professora grávida de 31 anos, e Malka Chana Roth, de 15 anos, estavam entre os mortos. Mais de 120 pessoas ficaram feridas, incluindo quatro cidadãos estadunidenses. O Hamas assumiu a responsabilidade pelo atentado.

Segundo o FBI, al-Tamimi era uma estudante que trabalhava como repórter de televisão e levou o homem-bomba ao alvo depois de prometer realizar ataques em nome do braço militar do Hamas, conhecido como Brigadas Izzedine al-Qassam. Al-Tamimi, que planejou e projetou o ataque na pizzaria Sbarro, escolheu o local porque era um restaurante movimentado. Para reduzir as suspeitas, ela e o homem-bomba se vestiram de israelenses, e ela transportou a bomba pessoalmente, escondida dentro de um estojo de guitarra, de uma cidade na Cisjordânia para Jerusalém. Al-Tamimi também admitiu detonar um pequeno dispositivo explosivo improvisado em uma mercearia de Jerusalém antes do ataque como um teste.

Em 2003, al-Tamimi se declarou culpada em um tribunal israelense por participar do ataque e foi condenada a 16 prisões perpétuas por ajudar o homem-bomba. Ela foi libertada em outubro de 2011 como parte de uma troca de prisioneiros entre o Hamas e Israel. Em 14 de março de 2017, o Departamento de Justiça dos EUA tornou pública uma queixa-crime e um mandado de prisão para al-Tamimi. O FBI também adicionou al-Tamimi à sua lista de terroristas mais procurados.

Imagens:

Cartazes:

Locais Associados:

Jordânia

Data de nascimento:

20 de outubro de 1980; 20 de novembro de 1980; 1º de janeiro de 1980; 20 de janeiro de 1980

Local de Nascimento:

Al-Zarqa, Jordânia

Cidadania:

Jordânia

Sexo:

Feminino

Cor do cabelo:

Castanho

Cor dos olhos:

Castanhos

Idiomas Falados:

Árabe; inglês

Ocupação:

Jornalista

Pseudônimos/Ortografias de Nomes Alternativos:

Ahlam Aref Ahmad Al-Tamimi; Ahlam Arafat Mazin Al Tamimi; Ahlam Arif Ahmad Al Tamimi; Ahlam Aref Ahmad Altamimi; Ahlam Arif Ahmad Altamimi; Ahlam Araf Ahmad Tamimi; Ahlam Aref Ahmad Tamimi; Ahlam Aref Ahmed Tamimi; Ihlam Araf Ahmad Tamimi; Achlam Tamimmi; Ahlam Araf Ahmed Tmimi; “Halati”; “Khalti”

SUBMIT A TIP

Do Your Part. Secure a Safer World.

There are many ways to submit information to Rewards for Justice.

You may choose from multiple platforms and contact us in numerous languages. To process your information efficiently, we ask you to state your information as succinctly as possible, provide your name, location, and preferred language, and upload all relevant files such as photographs, videos, and documents to support your information. An RFJ representative will soon contact you. Please be patient, as RFJ reads every tip we receive.

Envie uma Informação

Faça a sua parte. Garanta um mundo mais seguro e um futuro melhor.

Há muitas maneiras de enviar uma informação.

Você pode escolher entre várias plataformas e entrar em contato conosco em vários idiomas. Para processar suas informações de forma eficiente, pedimos que você indique suas informações da forma mais sucinta possível, forneça seu nome, localização e idioma preferido e envie todos os arquivos relevantes, como fotografias, vídeos e documentos, para apoiar suas informações. Um representante do programa RPJ entrará em contato com você em breve. Tenha paciência, pois o programa RPJ lê todas as informações que recebemos.

Skip to content