Procurado
Informações que levaram à justiça…

Sami Jasim Muhammad al-Jaburi

Recompensa de até US$ 5 milhões

Sami Jasim Muhammad al-Jaburi, também conhecido como Hajji Hamid, é um líder sênior do Estado Islâmico do Iraque e da Síria (ISIS) e um membro legado da organização precursora do ISIS, a Al Qaeda no Iraque (AQI). Muhammad al-Jaburi foi peça chave na gestão de finanças para operações terroristas do ISIS.

Enquanto atuava como representante do ISIS no sudeste de Mossul em 2014, ele alegadamente desempenhou papel equivalente ao de ministro de finanças do ISIS, supervisionando as operações de geração de receita do grupo, oriundas da venda ilícita de petróleo, gás, antiguidades e minerais.

Em setembro de 2015, O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos o considerou um Terrorista mundial especialmente designado (SDGT), em conformidade com o decreto 13224, que impõe sanções financeiras aos terroristas e aos que oferecem suporte a terroristas e a atos de terrorismo.

Em junho de 2014, o ISIS, também conhecido como Da’esh, assumiu o controle de partes da Síria e do Iraque, se autodeclarou um assim chamado “Califado” Islâmico e nomeou al-Baghdadi como “califa”. Nos últimos anos, o ISIS conquistou a fidelidade de grupos jihadistas e de indivíduos radicalizados em todo o mundo, inspirando ataques a nível global.

Essa recompensa representa um momento importante de nossa luta contra o ISIS. À medida que o ISIS for derrotado no campo de batalha, estaremos determinados a identificar e localizar os líderes do grupo, de modo que a coalisão global das nações que lutam para derrotar o ISIS possa continuar a destruir os resquícios do ISIS e frustrar assim suas ambições globais.

Foto adicional

Sami Jasim Muhammad al-Jaburi