Atos de Terror
Informações sobre …

Exército dos Guardiães da Revolução Islâmica

O programa Recompensas pela Justiça do Departamento de Estado dos Estados Unidos está oferecendo uma recompensa de até US$ 15 milhões por informações que levem à ruptura dos mecanismos financeiros do Exército dos Guardiães da Revolução Islâmica (IRGC) e de suas ramificações, incluindo a Força Quds do IRGC (IRGC-QF). o IRGC financiou diversos ataques e atividades terroristas a nível global. A IRGC-QF lidera as operações terroristas do Irã fora do país, através de seus representantes, tais como o Hezbollah e o Hamas.

O Departamento está oferecendo recompensas por informações sobre as fontes de renda do IRGC, IRGC-QF, suas ramificações ou seus principais mecanismos de viabilização financeira, incluindo:

  • Esquemas financeiros ilícitos do IRGC, inclusive de petróleo por dinheiro;
  • Empresas de fachada ligadas ao IRGC, envolvidas em atividades internacionais em seu nome;
  • Entidades ou indivíduos que auxiliem o IRGC na evasão de sanções dos Estados Unidos ou internacionais;
  • Instituições financeiras formais que negociem com o IRGC;
  • O modo como o IRGC transfere fundos e materiais para os representantes e parceiros terroristas e milicianos;
  • Doadores e financiadores do IRGC;
  • Instituições financeiras ou casas de câmbio que viabilizem as transações do IRGC;
  • Negócios e investimentos de propriedade ou controlados pelo IRGC ou seus financiadores;
  • Empresas de fachada envolvidas na aquisição internacional de tecnologia de dupla utilização em nome do IRGC; e
  • Esquemas criminosos envolvendo membros e apoiadores do IRGC, que beneficiam financeiramente a organização.

O IRGC foi fundado em 1979, depois da Revolução Iraniana. Ele é uma ramificação da força militar iraniana e, sobretudo através da Força Quds, o IRGC exerce o maior papel dentre os operadores do Irã na condução e execução da campanha terrorista global do regime.

No dia 15 de abril de 2019, o Departamento de Estado designou o IRGC como uma Organização Terrorista Estrangeira, de acordo com a seção 219 da Lei de Imigração e Nacionalidade. Em 2017, O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos considerou o IRGC um Terrorista mundial especialmente designado, em conformidade com o decreto 13224, por suas atividades de apoio a IRGC-QF.

Desde que foi fundado há 40 anos, o IRGC tem se envolvido em planos terroristas e apoiado o terrorismo em todo o mundo. O IRGC é responsável por numerosos ataques direcionados a americanos e a instalações nos Estados Unidos, incluindo ataques que causaram a morte de cidadãos dos Estados Unidos. O IRGC tem apoiado ataques contra os Estados Unidos, as tropas aliadas e missões diplomáticas no Iraque e no Afeganistão.

Além disso, esse grupo tem feito reféns e capturado diversos cidadãos dos Estados Unidos, muitos dos quais ainda permanecem em cativeiro no Irã.

O IRGC–QF tem planejado atividades terroristas em todo o mundo, em países como Alemanha, Bósnia, Bulgária, Quênia, Bahrein, Turquia e Estados Unidos.

Foto adicional

Exército dos Guardiães da Revolução Islâmica
Exército dos Guardiães da Revolução Islâmica
Exército dos Guardiães da Revolução Islâmica
Exército dos Guardiães da Revolução Islâmica
Exército dos Guardiães da Revolução Islâmica
Exército dos Guardiães da Revolução Islâmica
Exército dos Guardiães da Revolução Islâmica