Atos de Terror
Informações sobre …

Homicídio doloso e sequestro de cidadãos norte-americanos

Colômbia | fevereiro de 2003

Em 13 de fevereiro de 2003, um avião do Governo dos EUA numa missão antidrogas fez um pouso forçado em Caqueta, na Colômbia. Membros de um grupo de rebeldes esquerdistas colombianos conhecidos como as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) mataram o cidadão norte-americano Thomas Janis e o sargento colombiano Luis Alcides Cruz. Os rebeldes também tomaram como reféns três outros cidadãos norte-americanos que estavam a bordo do avião: Marc Gonsalves, Thomas Howes e Keith Stansell.

O programa Recompensas para a Justiça oferece recompensa de até US$ 5 milhões em troca de informações que levem à justiça os responsáveis por este ataque.

Esta recompensa abrange os comandantes da Coluna Móvel das FARC Teófilo Forero, bem como outros membros das FARC, entre os quais Carlos Alberto Garcia Camargo (também conhecido como Hermides Buitrago, El Paisa, Oscar Montero); Marly Yurley Capera Quezada (também conhecida como La Pilosa); e Pedro Gonzalez Perdomo (também conhecido como Alfredo Arenas ou Ignacio).