Procurado
Informações que levaram à justiça…

Abu-Muhammad al-Shimali

Recompensa de até US$ 5 milhões

Tirad al-Jarba, Chefe Superior de Fronteira do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIL), mais conhecido como Abu-Muhammad al-Shimali, está desde 2005 associado ao ISIL, que anteriormente era conhecido como al-Qaida no Iraque. Ele agora serve como oficial principal do Comitê de Logística, sendo o responsável pela intermediação de viagens de guerreiros terroristas estrangeiros principalmente por Gaziantep, na Turquia, e na direção da cidade fronteira de Jarabulus, na Síria, controlada pelo ISIL. Al-Shimali e o Comitê de Imigração e Logística coordenam as atividades de contrabando, transferências financeiras e o movimento de logística a partir da Europa, África do Norte e Península Árabe para dentro da Síria e do Iraque.

Os Estados Unidos e a Coalisão Global de mais de 60 parceiros internacionais assumiram o compromisso de prejudicar o ISIL para finalmente derrotá-lo. O alcance desse objetivo requer diversas linhas de esforços que se fortaleçam mutuamente. Uma das principais linhas de Coalisão de esforços origina-se do fluxo de guerrilheiros terroristas estrangeiros. Essa abordagem reúne os esforços de compartilhamento de informações e de formação de capacidade militar, diplomática, de inteligência, judicial, de execução da lei e de segurança interna.

Mais de 25.000 guerrilheiros terroristas estrangeiros de mais de 100 países foram para o Iraque e a Síria. Nos campos de batalha do Iraque e da Síria estão guerrilheiros terroristas estrangeiros com experiência em combate, treinamento com armas e explosivos, e acesso a redes terroristas que possam estar planejando ataques cujo alvo seja o mundo Ocidental. A ameaça conjunta de guerrilheiros terroristas estrangeiros estreitou ainda mais a cooperação entre os órgãos federais dos E.U.A e dos parceiros internacionais que irão tirar proveito de todos os meios disponíveis para interromper o fluxo de guerrilheiros e finalmente derrotar o ISIL.